Estética


Novo laser rejuvenesce lábios em uma sessão

Por | em 22 maio 2015

Novo procedimento a laser rejuvenesce lábios em apenas uma sessãoA mulher vaidosa usa batom hidratante, cuida bem dos lábios para que não fiquem ressecados: ela sabe que a boca exala sensualidade, mas — acima de tudo — complementa a beleza do rosto, maquiado ou não. Só que, em geral, a partir dos 35 anos, mesmo usando cosméticos específicos, os lábios podem ficar um pouco rachados ou já não terem mais aquele vermelho exuberante de outrora.

É pensando em resolver esse problema que uma nova tecnologia, desenvolvida pela LMG Lasers, foi lançada em janeiro e já faz o maior sucesso: a ponteira Pro-Collagen, da plataforma Solon, é responsável por um novo procedimento que rejuvenesce os lábios, o resurfacing. “Essa aplicação a laser retira as camadas superficiais do lábio — onde estão as rugas e as imperfeições —, para vir uma camada nova por baixo, mais lisinha, com tônus e turgor (elasticidade da pele) muito maior”, explica o dermatologista Dr. Abdo Salomão.

Procedimento ablativo — promove obstrução superficial da pele — e não fracionado — trata a pele como um todo e não em frações —, o resurfacing de lábios remove e troca toda a superfície do lábio. Com ação rápida, é necessário apenas uma ou duas sessões para atingir os resultados. “Ele é indicado para mulheres na faixa dos 35 aos 50 anos que, ao passar batom, ficam com lábios rachados, pálidos, ou àquelas tem a boca fina. A região ao redor dos lábios também melhora muito com esse laser”, esclarece o médico.

Como o laser da Pro-Collagen atua

De acordo com o dermatologista, primeiramente, a ponteira vai aquecer a derme do lábio até 70/80 graus. “Isso faz com que os fibroblastos produzam muito mais colágeno para renovar a derme.” Além disso, o laser vaporiza a epiderme — que é a parte superficial — e obriga o organismo a fazer uma nova epiderme. “Dessa forma os lábios ficam mais avermelhados e livres daquelas ruguinhas, daquelas listras e de manchas; acaba renovando de uma forma geral”, indica. Outra vantagem é que, como o laser traz uma contração, ele danifica um pouco a superfície (trazendo depois uma renovação). “A impressão é a de que ele também aumenta um pouco os lábios”.

O dermatologista também enfatiza que o procedimento tem nível baixo de dor. “Dói muito menos que a depilação a laser. O anestésico que a gente usa é um creme e depois de cinco minutos já pode fazer. A dor é pouca realmente.”
Sem contraindicações, o médico destaca, contudo, alguns cuidados quanto a herpes. “Se tiver herpes, tem que fazer uma profilaxia e lembrar que, após a aplicação, o local fica sete dias bem inchado.” O tempo de recuperação é o mesmo para pacientes sem herpes. “Após a aplicação, os lábios ficam com aspectos escurecidos, com umas crostinhas, e o inchaço vai depender da intensidade do tratamento: se for intensivo incha bastante, se for leve incha pouco”, explica. “Mas como resultado, o lábio fica totalmente renovado”, recomenda.

Mais informações:

Laser Medical Group
www.lmglasers.com.br



COMENTÁRIOS

Comments are closed here.


MATÉRIAS RELACIONADAS